5 lugares para assistir jogos do Brasil em Miami

Ainda em clima de Olimpíadas e de jogos do Brasil e aquela expectativa na torcida, nessas horas a gente daria de tudo pra se teletransportar, né? Morar em Miami têm das facilidades de piscar encontrar um brasileiro, um pastel e um Guaraná Antártica. E ter muitas opções de lugares pra se reunir e poder assistir aos jogos!

Separei aqui os meus 5 lugares favoritos pra assistir aos jogos do Brasil! Lá vai:

Duffys North Miami
Começamos pelo Duffy’s, uma rede de Sports Bar aqui da Flórida. Sports Bar é meio tradicional pra ver jogos, né? Mas esse é especial pela vista. Ele fica na beira da Biscayne Duffys FotoBay, com um deck com vista para a baía e onde é possível estacionar lanchas, iates, caiaques, pranchas de stand up paddle e etc (quer algo mais Miami do que chegar de lancha em um bar?). O visual é lindo e é diferente de outros bares da região, tem aquele climinha, sabe? Ele é bem despojado, bem pós-praia. Bem bacana!

Não vou mentir: o Duffy’s é cheio e se for um jogo grande,  o atendimento não será lá essas coisas. O preço é super em conta, principalmente se você sentar na varanda (o que pra mim é meio que obrigatório por causa da vista!). Ele também possui uma área com piscina e mesas que é esquema bar: achou mesa, sentou. E acho que eu nunca fui lá sem ter uma opção de happy hour no cardápio (com dose dupla de draft beer) e sem ter algum jogo passando. Eles passam 100% dos jogos!

Boteco Miami
Como o nome diz, é realmente um boteco. Eles se denominam como um bar festivo, com comida típica brasileira e música ao vivo (samba!!). Em alguns dias da semana tem feijoada. Em jogo, tem programação exclusiva também! E tem nossos aperitivos favoritos, tem caipirinha, tem bolo de cenoura com chocolate, coxinha, tem todas aquelas gordisses que amamos e que trazem um gostinho de casa! E em jogo do Brasil, é aquela bagunça (da boa) bem brasileira!

Clevelander
Clevelander é meio pool party meio sports bar na Ocean Drive, coração de South Beach, local super turístico. Ele também é conhecido como ESPN Bar, pois tem parceria com a ESPN e por isso Clevelander Fotomilhões de jogos passam lá. É um bar americano, então pode ser que você tenha que pedir pra mudar a TV pra o canal que esteja passando o jogo do Brasil. E tem que ser jogo transmitido por canais internacionais, claro (nada de brasileirão no PFC!). Mas é um ótimo lugar caso você queira emendar jogo do Brasil na praia, ou num passeio mais tradicional (leia-se: turístico).

Por estar na Ocean Drive, os preços não são lá tão baratos. Mas se você for no Happy Hour as promoções são bem em conta, e tem a famosa dose dupla.

Buffalo Wild Wings
Buffalo Wild Wings é uma rede de sports bar super tradicional americana, com franquias Buffalo Wild Wings Fotoem todo os Estados Unidos, Canadá, México e Filipinas. E quando eu digo tradicional, é tradicionalzão. A especialidade? Wings, é claro. Os famosos frangos fritos com milhões de opções de molho são a pedida do lugar, acompanhados de um chopp e um jogo na TV. Não tem como errar 🙂

Area Code 55.png
E pra finalizar, um clássico: churrascaria brasileira! Em Miami existem algumas opções de churrascarias, até mais famosas do que a Area Code 55 (que pra quem não sabe, é o código de área do Brasil): como Porcão, Texas de Brazil e Fogo de Chão. Mas eu gosto bastante da Area Code 55, principalmente por não ser tão cara em relação às outras e ter uma qualidade ótima: em almoço durante a semana, o rodízio sai a U$19.99. E o jantar final de semana (o preço mais caro) sai a U$34.99. Pra vocês compararem, a Fogo de Chão em almoço durante a semana sai a U$31.99. Ok, a diferença não é gigante, mas estamos falando de obamas né gente? E da mesma qualidade de carne. Mas qualquer que seja a churrascaria escolhida, assistir jogo em churrascaria é um clássico, né? E clássico é clássico, tem que respeitar 😉

E quando é o próximo jogo mesmo?

Anúncios

Achados em Miami: café melhor que o Starbucks!

Starbucks é uma das mais famosas redes de café do mundo e aqui nos EUA é uma tradição. Mas confesso que pra mim é mais um daqueles lugares que eu vou muito mais por causa da marca, do conceito e pelo fato de ter em cada esquina do que que pelo café em si. Acho o café caro e nada demais. Nunca acho nada tão gostoso pra comer. Mas continuo Starbucks Lover, vá entender…

E nessas andanças da vida descobri uma cafeteria muuuito melhor que o Starbucks: Alaska Coffee Roasting Co. Com 4,6 estrelas de reviews (o Starbucks aqui perto de casa é só 3,6, sabia?) e com um ambiente tão gostoso quanto o café e a comida, o Alaska ganhou meu coração! Não sei vocês, mas pra mim tão importante quanto a comida, é o ambiente… Em Fast Foods geralmente não como, passo no Drive Thru ou pego To Go!

Alaska CoffeeNo Alaska dá vontade de tomar café e ficar. E que café! Minha pedida geralmente é o café mocha e o croissant com presunto, queijo suíço, bacon e ovo mexido. Sim, eu chuto o balde! Vou tomar café e faço tipo um brunch, como tanto que fico sem fome até sei lá que horas, até pulo o almoço…

As tortas e doces de lá também são incrivelmente deliciosos, a formiguinha que mora em mim ama! Eu, que sou totalmente viciada em chocolate, amei a torta de banana, coisa bem rara de acontecer! Da última vez que fui provei o cheesecake de nutella e não consigo nem achar palavras pra descrever… É maravilhoso! E o bom de ser cheesecake é que não fica tão doce, não é tão enjoativo. E pra acabar com o papo de gordo, as pizzas de lá 13839707_10154089468672713_1829895190_otambém são muito boas! No forno à lenha e com massa fina, são do estilo da pizza do Supermercado Zona Sul.

Pra quem gosta de café, eles têm seus grãos próprios, moídos na hora. Tem sempre mil e uma opções de diferentes cafés de diferentes tipos. E você pode inclusive comprar os grãos (moídos ou não) pra levar pra casa!

Em relação à preço, o lugar não é tão barato mas também não é caro. Ele é bem equilibrado com o Starbucks… Eu tomei um café e comi um croissaint, meu marido tomou um café e comeu um croissaint e nós dividimos uma cheesecake de nutella (que foi totalmente olho gordo e acabamos levando pra casa metade) e a conta deu em torno de 25 dólares. Nada muito caro, se você for levar em consideração que isso praticamente foi nosso almoço, já que tomamos café tipo 11 e pouco e só fomos ter fome de novo lá pras 5 da tarde… E se você for pra comer pizza sai tudo mais em conta ainda!  Pra mim que acho café da manhã um must have no final de semana, super vale a pena.

O Alaska Coffee Roasting Co fica em North Miami, umas 50 ruas mais pra sul do Aventura Mall, no endereço 13,130 Biscayne Blvd. Pra encerrar esse post, mais algumas fotos do Alaska pra vocês:

No meio do caminho tinha uma ilha

Viver em Miami é assim: você pega um engarrafamento porque a ponte abriu pra uma lancha passar. Você sai de casa e tá sol, depois cai uma tempestade, e no final do dia o pôr-do-sol é incrível. Você pega o kayak, sai pra passear…. E dá de cara com uma ilha!

Foi assim que descobri a Sandspur Island. Eu moro no norte de Miami e sou vizinha de uma marina de barcos. Atrás da minha rua tem um canal (Biscayne Bay) e passar por ali sempre me rende surpresas agradáveis. Peguei meu kayak e saí. Após alguns minutos remando, parei numa praia que estava meio cheia. Ela não me pareceu estranha e logo logo identifiquei como o Oleta River, um parque estadual onde costumo fazer churrascos nos fins de semana. Mas como ali também se chega de carro, não fazia sentido pra mim ter o trabalho todo do kayak pra ficar ali. Então continuei remando, e parei em uma outra praia, numa ilha, onde estavam mais algumas poucas famílias, lanchas, kayaks, paddle boards e alguns cachorros (eu inclusiv estava com o meu). E foi uma das mais gratas surpresas ali da minha área.

Island 02

Sandspur Island é uma ilha pequena de clima bem agradável. A faixa de areia não é muito extensa, e os moradores oficiais da ilha são os simpáticos e famintos racoons.

Racoons.jpg

A ilha têm uma mata extensa e fechada onde pessoas se aventuram o tempo todo indo e vindo. Pelo que percebi, alguns aventureiros passam a noite ali. Achei restos de uma fogueira bem alta que parecia ter sido feita recentemente.

Island 01.jpg

Fiquei com vontade de ficar ali um tempão. Fiquei com vontade de só voltar dali há três dias. Fiquei com vontade de acender a fogueira, fazer um luau, uma roda de violão. Amo esses cantos escondidos no meio da cidade.

Island 03

Sim, Sandspur está no mapa. Está no meio da cidade. Não é um território 100% desconhecido. E ainda assim parece a Ilha de Lost….

Mapa

Então, pra quem vêm pra Miami, mora em Miami, passará por Miami, fica a dica: não contente-se com o que está nos guias de turismo. Miami tem muito, mas muuuito mais pra te oferecer!

Pegue seu kayak, sua lancha, seu carro, sua bicicleta, sua câmera… E se joga em Miami!

Dica de Miami: Restaurante Lagniappe

Um ambiente rústico, informal, acolhedor e cheio de charme: assim é o restaurante Lagniappe em Midtown, Miami. Com programação diária de música ao vivo, um mundo de opções de vinhos (tintos, brancos, rosés, champagnes…), queijos, pães e entradas maravilhosas pra harmonizar com o vinho escolhido e um menu seleto, mas ainda assim delicioso!

1 O RESTAURANTE

Ao entrar, parece que nos transportamos pra um ambiente no passado: a decoração é rústica e descombinada. Sofás antigos, mesas de madeira e muitos tijolos completam o ambiente. O clima é totalmente informal: na parte de dentro não existem mesas, são apenas sofás, bancos, poltronas e algumas mesinhas de apoio.

2 ESCOLHA DOS VINHOS

Para os adoradores de vinhos, o Lagniappe satisfaz todos os gostos: com variadas opçõesd e tipos (branco, rosé, tinto…) e preços. Com taças a partir de U$8, e garrafas variando de U$24 até U$80.

3 COMER

De entrada, escolhe-se queijos e frios de seu gosto, que vêm acompanhados de uma cesta de pães, azeitonas e pastinhas. Pra comer, apesar dos pratos serem ótimos, não há muita variedade: escolhe-se a proteína (peixe, frango, carne vermelha ou uma opção para vegetarianos) e ela vêm acompanhada de salada e pão de milho. Além do cardápio limitado, você deve ir até o balcão, pedir seu prato, pagar e depois voltar pra buscar, tipo praça de alimentação de shopping center. O preço é U$14 dólares por prato, e o jantar vêm em pratos descartáveis e com talheres descartáveis. Nada fino, mas super gostoso!

4 VARANDAvaranda

Meu lugar favorito do restaurante é a varanda: com mesas e cadeiras de diferentes formatos e cores – aqui fica claro que o ambiente é tão despretensioso e descombinando e que esse é seu charme, árvores, luzes e se o clima estiver bom, até música ao vivo do lado de fora.

5 MUSICA

local da banda.jpg

Sim, música ao vivo. Todo dia têm e sempre uma programação diferente. Nos dias mais frios ou chuvosos, a banda fica num aconchegante cantinho na parte de dentro. Nas deliciosas noites de verão, do lado de fora. Achei um vídeo antigo mas que dá pra ter uma boa idéia do ambiente.

 

Pra ter um encontro romântico e informal, pra bater um papo com as amigas, pra comemorar um aniversário ou só pra conhecer um lugar diferente, o Lagniappe é uma ótima opção pra quem tá em Miami, quer um clima gostoso sem muita pompa e sem gastar muitos dólares!

O restaurante abre todos os dias, a partir das 7pm e fica no endereço: 3425 NE 2nd Ave, Miami FL 33137. Mais informações em: http://www.lagniappehouse.com

Dica de Programa: Wynwood Art Walk

Wynwood é um dos bairros mais descolados de Miami, com suas ruas recheadas de galerias de arte, lojas alternativas e as mais incríveis paredes grafitadas. E todo segundo sábado do mês ele é palco de um evento tão cool quanto a área: Wynwood Art Walk.

O Wynwood Art Walk é um evento que inspira e expira arte! As galerias ficam abertas até mais tarde, DJs tocam no meio da rua, pintores fazem seus quadros em cantos da calçada, músicos performam sua arte e, é claro, é um desfile de gente despretensiosamente descolada.

O “coração” do evento é no Wynwood Walls.

12665645_10153686633567713_389035040_n

Esse é o ponto central de Wynwood e também do Wynwood Art Walk, onde um bar e uma mesa de DJ são montados e as pessoas ficam circulando e apreciando o ambiente.

Esse vídeo mostra como o ambiente é um grande e delicioso lounge a céu aberto:

O ideal é ir lá sem um roteiro definido, ir entrando de galeria em galeria, de loja em loja, procurando um food truck que te agrade e de olhos bem abertos, apreciar tudo o que esse evento e esse bairro te proporcionam. Aposto que você sairá de lá cheio de inspirações e com as energias renovadas!

Dá uma olhada no que você pode encontrar por lá:

TITULO 1
As mais diversas comidas, desde árabe, passando por lagosta, indo pra opções de pizzas de forno a lenha e acabando com muitas opções de sobremesas, esses clássicos food trucks vão fazer você se sentir num filme norte-americano.

12736417_10153686633612713_83680071_n

Food Trucks + Ambiente Incrível

TITULO 2
Das mais variadas formas e cores: colagens, fotografia, pinturas, quadros, esculturas… Aqui vale de tudo! Mas independente da arte, todas elas têm em comum à pegada pop e moderna que eu particularmente amo.

TITULO 3
E não se deixe levar pelo preconceito de achar que aqui você só vai encontrar artesanato local ou artigos que você acha nos outlets: existem algumas lojas tão bacanas que você se pergunta porque não existem mais delas por aí.

TITULO 4
Essas fachadas demonstram como é incrível quando o comércio local tem a cara do bairro. Lojas comerciais fundem-se com arte, e dá vontade de entrar em todas!

TITULO 5
Artistas pintando, músicos tocando, cartazes de protesto, dançarinos performando entre os carros… Aqui vale de tudo, só não vale não se expressar!

TITULO 6
E, é claro, o movimento street art, que deu a cara de Wynwood, com sua arte no meio da rua: aqui cada parede se torna um grande quadro, um mais incrível que o outro! E ao andar entre as ruas, fique de olho: o Brasil está muito bem representado! Dentro outros artistas conterrâneos, Eduardo Kobra é um dos mais populares do momento, com suas cores e genialidade. Olha que demais essa parede que faz referência ao Star Wars e ao mesmo tempo traz uma mensagem super importante “Stop Wars!”


Wynwood… Como não amar?