Decoração: Parede de Tijolos

A repaginada no meu apartamento continua à todo vapor e eu estou cada vez mais feliz com o resultado. Estamos indo aos poucos, sem mudanças drásticas (do tipo derruba parede, sobe parede), mas com detalhes que fazem toda a diferença. E o da vez foi: papel de parede de tijolos!

Já vinha namorando há um tempão um papel de parede de tijolos e finalmente encomendei, recebi e instalei (no caso pedi pra instalarem). Minha sala tinha todas as paredes creme e a de trás do sofá era verde (do mesmo tom da parede do quarto – acho que o antigo morador daqui adorava verde). Bem sem graça. Bem sem a minha personalidade.

Até que um papel de parede depois, tudo mudou. Colocamos apenas na parede atrás do sofá (a que era verde) e mantivemos as outras creme, quase branco. Desse jeito a parede de tijolos realmente ganha destaque e a sala não fica escura. Aliás, minha sala é bastante iluminada e clara e esso  brancão até me incomodava um pouco.

Não tirei foto do antes mas tirei foto do durante e um milhão do depois.

Titulo 01

Titulo 02Depois

Acho que nem preciso falar o quão diferente ficou, né? Até o sofá, que é bem velhinho e queríamos jogar fora, ficou legal na parede de tijolos! Com um ar cool… Os quadros ficaram com mais destaque, os vinis, o mini-bar….

Case de sucesso! Até o Chaplin amou! ❤

Chaplin na Sala Nova

Anúncios

3 passos para decorar seu hall de entrada

Tô numa fase decoração. Estamos “reformando” o apartamento (leia-se: nos virando no 30 pra deixar mais a nossa cara gastando o mínimo possível) e talvez esse seja um assunto recorrente no blog. Nada mais gostoso do que cuidar de cada detalhe de seu apartamento, deixar ele do jeitinho que você sonhou… É quando a casa da gente realmente ganha o sentido de lar. Tô amando!

Esse fim de semana foi de muitas mudanças no apartamento, começando pelo hall de entrada. Ele sempre foi um canto todo branco, estreito e sem graça. E é por ali que todo mundo entra, então por não já começar com o pé direito?

Os halls de entrada normalmente são pequenos e locais de passagem, então não é legal encher de coisa. São realmente detalhes que fazem a diferença. No meu, apostei em três passos:

Três passos para decorar seu hall de entradaTitulo Cabideiro

Cabideiro de RemoO cabideiro de Remo é da Urban Outfitters e foi comprada pelo Celo há um tempão atrás, quando ele ainda morava no campus. A loja da Urban Outfitters é incrível para coisas de casa – um pouquinho carinha – mas com itens com um design incrível. Esse cabideiro na época custou uns 40 dólares. Nada absurdo, mas nada muito barato.. Ele tava perdido no nosso quarto, sem muito destaque. E achamos ele tão legal que resolvemos colocar no hall de entrada, até porque é super funcional.

Em cômodos pequenos como o hall de entrada, é importante ter algumas peças funcionais pra não ocuparmos o espaço “a toa”. Esse cabideiro lindo e funcional encaixou perfeitamente! Achei algumas opções de cabideiros de remo aqui e aqui.

 

Titulo Tapete
Tapete

Não faço idéia do porquê, mas no meu prédio é proibido capacho do lado de fora do apartamento. Acho tão fofinho e sempre fui meio frustrada por não poder dar “as boas vindas” pra quem vinha me visitar.

Até tentei colocar um capacho pro lado de dentro do apartamento, mas o tico e o teco esqueceram de pensar que ele é alto – e atrapalhava na hora de abrir a porta.

A solução foi colocar esse tapete fininho e super colorido que comprei na Five Below, uma loja de bugigangas de até 5 dólares que sempre têm alguns achadinhos de decoração. Quando compro uma coisa bonita e super barata, fico feliz em dobro. Dá pra fuçar as coisas da loja clicando aqui, mas eles não fazem venda online.

 

Titulo Detalhes na Porta.png
PortaEu contei aqui nesse post sobre o meu primeiro projeto Do It Yourself, que foi a minha porta. Comprei fita adesiva preta por 3 dólares e colei cruzinhas por ela toda. No final, acabei tirando várias, deixando um pouco mais espaçado.

O “Welcome Aboard” nós compramos no Wish, meio no chute, por 1 dólar. Chegou ontem. Foi uma daquelas compras que você compra meio no impulso (“Ah, é só um dólar”) e que pode dar super certo ou super errado. Chegou, gostamos, mas não sabíamos aonde colocar. Eu já queria colocar algo pendurado na maçaneta da porta, e puft, ficou perfeito!

O Celo acha que atrapalha um pouco na hora de abrir – homens não têm paciência! Eu amei. Você acha várias opções dessas plaquinhas aqui. Nós compramos a menor.

Então, resumindo, pra todo hall de entrada o que gastamos foi:

Custo Decoração Hall de Entrada

Achei bem justo e fiquei super feliz com o resultado. Já entro em casa sorrindo. Acho que isso já justifica tudo, né?

Hall de Entrada

 

O primeiro DIY a gente nunca esquece

Faz um ano que me mudei pro apartamento onde moro em Miami e só agora resolvi criar raízes e deixar ele a minha cara. E nada melhor do que um projeto DIY pra deixar seu apartamento com aquele toque pessoal, né?

Eu sempre tive medo de projetos “faça você mesma” porque eu sou uma zero à esquerda em trabalhos manuais. Nunca soube desenhar, minha letra é de criança, meus trabalhos de recorte e colagem sempre eram os piores. Mas aí criei coragem e resolvi arriscar (mas, como toda virginiana, de maneira “segura”).

Para meu primeiro DIY escolhi um projeto super simples de decoração de porta.

Tudo o que você precisa é de fita adesiva preta, tesoura e uma porta (duh)


Aproximadamente 500 “cruzes” depois, eis o resultado:


É claro que como toda virginiana que se preze eu colei, descolei, reorganizei e colei de novo umas 20 vezes. E aí desencanei. Afinal, acho que o legal dessa porta é não ter um padrão tão certinho.

E aí, gostaram?