“Friends Day”

Entro no Facebook, como todos os dias. É incrível como a minha primeira reação ao acordar é colocar os óculos e, ainda bocejando, tatear o celular pra ver as notificações. Mas OK, já sei que eu não sou “a diferentona” e que todos fazem isso. Então confiro Whats App, Instagram, Facebook – antes de dar bom dia pro meu marido, antes de dar um beijinho meu cachorro e com toda a normalidade do mundo moderno.

Entro no Facebook e tem um vídeo meu. Uma daquelas montagens bem toscas feitas com as fotos que você postou e fotos que seus amigos te marcaram. Hoje é Dia do Amigo, segundo o Facebook. Mas o dia do amigo não é no meio do ano? Mas hoje é o Dia do Amigo do Facebook.

Assisti ao vídeo e, é claro, não publiquei. É brega. É tosco. E eu fiquei com aquela sensação de calorzinho que invade o coração. De paz. De conforto. De felicidade em saber que no Brasil, em Miami ou em qualquer outro lugar do mundo, tenho meus amigos e sempre terei. E que, ao contrário dos relacionamentos amorosos, a amizade não tem cobranças, não tem responsabilidades, não tem comprometimento. E é isso que faz dela tão bonita e eterna: ela apenas esta lá, descomprometida, esperando uma deixa; esperando você ter um dia ruim; esperando você precisar dela; esperando você lembrar dela; esperando qualquer motivo banal (ou não) que te leve à procurá-la. Uma vez por dia, uma vez por semana, uma vez por mês, uma vez por ano. Pra ela isso não importa. Ela está lá e sempre estará.

E bem que amanhã podia ser o Dia do Amigo do Instagram, né?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s